Up Grade no Motor

março 10, 2009

A 666 estava com uma vibração desagradável, e isso estava me irritando, podia ser:

Virabrequim?
Rolamentos do vira?
Bielas?
Rolamentos agulhas do Vira? (aqueles dos pistôes)
Pistões com a medida 0,75?

Bom com o tempo eu fui juntando peças, arrumei um Vira com bielas, semi novo, (mais novo que semi), rolamentos originais, e um achado um par de cilindros perfeitos, ainda com a retífica 0,25, veio com os pistões e um cabeçote em melhor estado que o atual, graças ao meu grande amigo Luciano de Paranvai-PR, que indicou outro grande colega o Lucas, este de Votuporanga SP, só deu um trabalho achar os anéis.

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

A caixa de Pandora!!!! sobrou! Presta!!! vai pra caixa como relíquia.

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

e Mais um presentinho

Photobucket

E por fim o problema de vibração era no magneto!!!! que soltou os rebites e ficou fora do centro, nada que um novo não resolva.

Agradecimento especial ao Dinei pelas dicas via fone, mesmo sem cobrar nada ( espero eu)…….

Anúncios

RD 350 no Yahoo

novembro 17, 2008

Comverse com os Amantes da RD350


Clique aqui para cadastrar-se RD350

Ou o insubstituível http://www.trintaecinco.com.br.

Meu e-mail de contato é ricardo.natale@hotmail.com = MSN

90% pronta

novembro 7, 2008

Falta o Suporte do garupa, capa/protetor de corrente, plásticos de acabamento embaixo do tanque.

Photobucket

Photobucket
Agora com o Adesivo Variable Damper
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket

Photobucket

Fusível danado

setembro 19, 2008

Fui dar a ligadinha tradicional de fim de semana, mandar uma fumaça pros vizinhos e uma carga na bateria, e percebi que o RPM, buzina e medidor de temperatura não funcionavam, ai era só pegar o multimetro que voltava a funcionar! defeito intermitente, deu trabalho, mas descobri, fusível velho.

Mudei a cor da bengala dianteira

setembro 18, 2008

Frente Polida

As bengalas começaram a vazar, e eu nem andei com a RD! dizem que o problema estava nos retentores RTO que utilizei, já que teria que desmontar para resolver, colocar retentores originais, mandei polir as bengalas, Achei que ficou melhor.

.

 Frente Polida Dir

Problema resolvido realmente os retentores originais são melhores

 

  

 

Bobina de reator de Lâmpada?

abril 3, 2008

Quem duvida, eu mostro, tá instalado e funcionando, reator para duas lâmpadas flurecentes de 20 wats.

imgp0654.jpg

è só a capa, todo mundo acha que é sério.

Quem falou que a RD não tem freio?

abril 3, 2008

Bom freio tem, o problema é a combinação de baixo peso, pneus finos e um motor agressivo.

imgp0370.jpgimgp0371.jpg

Todas as Pinças foram desmontadas, jateadas com areia para remover a tinta e sujeira e  escovadas internamente com micro retífica, usei uma escova de latão para remover a sujeira que fica nas canaletas dos retentores, a sujeira destas canaletas também são as responsáveis pela ineficiência do freio, elas são formadas pela combinação de poeira, água, calor e pressão e deu muito trabalho para ser retirada, parece que fundiram no material da pinça, duas pinças tiveram seu sangradores espanados, mas achei no mercado uma solução de sangradores com roscas maiores, próprios para esta situação.

imgp0600.jpgimgp0602.jpgimgp0605.jpg

O cilindro mestre não teve como restaurar, fiz de tudo, mas acabei tendo que comprar um zero, este item é de prateleira até hoje na Yamaha, ele também é usada na VMax, podia ter comprado de alguma outra moto, mas no fim era até mais barato que usar de uma R1 como exemplo, estou fugindo do mercado de peças usadas, vai saber a origem destas coisas, também troquei todos os flexíveis.

Você sabia?

Que o fluido de freio é higroscópico? (talvez não seja esta a palavra) Mas ele assimila água e com o tempo faz o freio ficar borrachudo, por isso deve-se trocar sempre, eu troco das minhas motos a cada dois anos.

Que para sangrar o freio basta abrir um pouquinho o sangrador, colocar uma mangueirinha na ponta dele e a outra ponta em um potinho com um pouco de fluído, conforme bombar o manete as bolhas de ar saem da ponta da mangueira, passam pelo fluido que está no potinho e não voltam.

A magrela tomando forma

abril 3, 2008

Confesso que não me contive e desci a rua com ela assim mesmo, tinha que saber se a solução do amortecedor funcionou, mas não deu para saber, sem motor para subir de novo ficou complicado.

imgp0373.jpg

Suspensão Traseira

abril 3, 2008

A RD tem uma tecnologia avançada para a época, hoje um projeto de mais de 25 anos, e já contava com sistema de mono amortecedor traseiro, entretanto sua manutenção é complicada existem rolamentos de agulhas e algumas buchas que devem ser lubrificadas constantemente, os rolamentos consegui salvar, mas as buchas e o amortecedor não, o amortecedor não existe mais no mercado de reposição, então pesquisando descobri que o da Honda Bross tem características semelhantes, mas um torneiro mecânico teve que fazer ajustes.

Minha opinião sobre o resultado, ficou ótimo e com custo satisfatório.

imgp0353.jpgimgp0356.jpgimgp0357.jpgimgp0358.jpgimgp0359.jpgimgp0360.jpgimgp0361.jpgimgp0362.jpgimgp0363.jpgimgp0364.jpgimgp0365.jpgimgp0367.jpgimgp0366.jpg

Coala e a Largatixa

abril 1, 2008

Um coala estava sentado numa seringueira, curtindo um baseado…….

Uma lagartixa passava e, olhando para cima, disse:
‘E aêêê Coala…tudo beleza? O que você está fazendo?’

O coala disse: ‘Queimando um . Suba aqui’

A lagartixa subiu na seringueira e sentou-se ao lado do coala, curtindo alguns baseados.

Após algum tempo, a lagartixa disse: Pô cara,minha boca tá seca,vou tomar água, e desceu até o rio.

A lagartixa meio desorientada, se inclinou muito e caiu no rio.

Um jacaré a viu cair e nadou até ela, ajudando-a a subir na margem.

Depois ele perguntou: Qual é a sua, lagartixa? O que aconteceu? Quer morrer?

A lagartixa explicou que ela estava curtindo um baseado com o coala numa seringueira,
ficou zuadinha e caiu no rio enquanto tomava água.

O jacaré, querendo verificar esta estória, entrou na floresta e, encontrou o coala sentado num galho, chapadão.

O jacaré olhou para cima e disse:
‘Ei! Você aí em cima!’

O coala olhou para baixo e disse:

‘P.Q.P., lagartixa, tu bebeu água pra caralho!!