Arquivo da categoria ‘Restauração’

90% pronta

novembro 7, 2008

Falta o Suporte do garupa, capa/protetor de corrente, plásticos de acabamento embaixo do tanque.

Photobucket

Photobucket
Agora com o Adesivo Variable Damper
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket

Photobucket

Quem falou que a RD não tem freio?

abril 3, 2008

Bom freio tem, o problema é a combinação de baixo peso, pneus finos e um motor agressivo.

imgp0370.jpgimgp0371.jpg

Todas as Pinças foram desmontadas, jateadas com areia para remover a tinta e sujeira e  escovadas internamente com micro retífica, usei uma escova de latão para remover a sujeira que fica nas canaletas dos retentores, a sujeira destas canaletas também são as responsáveis pela ineficiência do freio, elas são formadas pela combinação de poeira, água, calor e pressão e deu muito trabalho para ser retirada, parece que fundiram no material da pinça, duas pinças tiveram seu sangradores espanados, mas achei no mercado uma solução de sangradores com roscas maiores, próprios para esta situação.

imgp0600.jpgimgp0602.jpgimgp0605.jpg

O cilindro mestre não teve como restaurar, fiz de tudo, mas acabei tendo que comprar um zero, este item é de prateleira até hoje na Yamaha, ele também é usada na VMax, podia ter comprado de alguma outra moto, mas no fim era até mais barato que usar de uma R1 como exemplo, estou fugindo do mercado de peças usadas, vai saber a origem destas coisas, também troquei todos os flexíveis.

Você sabia?

Que o fluido de freio é higroscópico? (talvez não seja esta a palavra) Mas ele assimila água e com o tempo faz o freio ficar borrachudo, por isso deve-se trocar sempre, eu troco das minhas motos a cada dois anos.

Que para sangrar o freio basta abrir um pouquinho o sangrador, colocar uma mangueirinha na ponta dele e a outra ponta em um potinho com um pouco de fluído, conforme bombar o manete as bolhas de ar saem da ponta da mangueira, passam pelo fluido que está no potinho e não voltam.

A magrela tomando forma

abril 3, 2008

Confesso que não me contive e desci a rua com ela assim mesmo, tinha que saber se a solução do amortecedor funcionou, mas não deu para saber, sem motor para subir de novo ficou complicado.

imgp0373.jpg

Suspensão Traseira

abril 3, 2008

A RD tem uma tecnologia avançada para a época, hoje um projeto de mais de 25 anos, e já contava com sistema de mono amortecedor traseiro, entretanto sua manutenção é complicada existem rolamentos de agulhas e algumas buchas que devem ser lubrificadas constantemente, os rolamentos consegui salvar, mas as buchas e o amortecedor não, o amortecedor não existe mais no mercado de reposição, então pesquisando descobri que o da Honda Bross tem características semelhantes, mas um torneiro mecânico teve que fazer ajustes.

Minha opinião sobre o resultado, ficou ótimo e com custo satisfatório.

imgp0353.jpgimgp0356.jpgimgp0357.jpgimgp0358.jpgimgp0359.jpgimgp0360.jpgimgp0361.jpgimgp0362.jpgimgp0363.jpgimgp0364.jpgimgp0365.jpgimgp0367.jpgimgp0366.jpg

Officina

abril 1, 2008

Tem coisa que não dá para fazer em casa, as soldas eu levei na officina, Olha alguns dos carros que estavam lá.

imgp0155.jpgimgp0157.jpgimgp0158.jpgmestre-dos-magos.jpg

Limpando e montando o motor.

abril 1, 2008

imgp0333.jpgimgp0321.jpgimgp0320.jpgimgp0319.jpgimgp0318.jpgimgp0317.jpgimgp0316.jpgimgp0315.jpgimgp0340.jpgimgp0341.jpgimgp0339.jpg

Troquei todos os rolamentos, juntas, retentores e a embreagem, os cilindros estão com pistões da DT 180 com .75, mas ainda estão bons, o uso destes pistões fora das medidas acarreta vibração acentuada, mas a solução deste problema ficará para uma próxima vez.

Desmontando o motor

abril 1, 2008

imgp0278.jpgimgp0285.jpgimgp0284.jpgimgp0282.jpgimgp0281.jpgimgp0280.jpgimgp0279.jpgimgp0294.jpgimgp0292.jpgimgp0290.jpgimgp0289.jpg

O Mais difícil ai foi sacar o Magneto, sem ferramenta especial uma marreta e um maçarico não sai……

Jato de areia no quadro

abril 1, 2008

Tantas camadas de Tinta e graxa que mandei jatear a magrela.

rimgp0145.jpgimgp0301.jpgimgp0298.jpg

Algumas soldas, mas ficou OK

Um monte de sucata

abril 1, 2008

imgp0165.jpgEm Janeiro comecei a desmontar. 

imgp0163.jpg

Parecia Sucata.

 

imgp0161.jpg

 

Nasce um sonho

abril 1, 2008

Eu sempre fui adepto do faça em casa você mesmo, admirador de motores e motos e aos 36 anos queria um hobby, um desafio, decidi que iria restaurar uma moto, uma RD 350, queria relembrar a época dos meus 18, 19 anos, passava horas olhando os sites de venda de motos até que aparecesse uma RD 350 que estivesse em um bom preço, com os documentos em dia e que pudesse ser restaurada. Até que em 9 de Dezembro de 2006 eu encontrei, o estado da moto estava péssimo, mas o quadro estava alinhado os documentos em dia e o número do chassi era final “666” perfeito para uma RD, uma Viúva Negra, era dia de Show do BB King e caiu uma chuva fortíssima, quase não deu tempo de assistir o Show de despedida da banda.

RD quando Comprei


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.